Saúde e Beleza

O que é medicina integrativa?

O que é medicina integrativa?

Os avanços dos estudos em Medicina não dizem respeito somente às descobertas de novas tecnologias, tratamentos ou novos tipos de remédio. Estudos recentes têm apontado para a importância de uma nova forma de percepção do paciente, da doença, diagnósticos e, principalmente, da relação dele com o médico que o atende. É essa a ideia que compõe o que é Medicina Integrativa.

Essa nova percepção conta com um conjunto de práticas médicas humanizadas que percebe o paciente como um todo, não focando apenas em sua doença.

Você pode encontrar uma explicação mais completa sobre o que é Medicina Integrativa no blog da Versatilis, mas pode encontrar aqui um resumo com as informações mais importantes.

Quer saber mais sobre a Medicina Integrativa? Acompanhe a leitura!

O que é Medicina Integrativa e quais suas características?

O paciente como um todo

Na Medicina tradicional, a prática médica está centralizada em perceber de forma fragmentada as doenças, os sintomas, o diagnóstico e o tratamento. São procedimentos médicos que, na maior parte das vezes, não considera outros aspectos do paciente. Na Medicina Integrativa, o prognóstico é feito considerando o paciente como um todo, entendendo os sintomas e a doença, a saúde, o corpo do paciente como um conjunto, que se relaciona com seus aspectos emocionais, sociais, com a forma com que esse paciente se relaciona consigo e com o mundo.

Relação entre médico e paciente

Ao perceber a individualidade única do paciente e outros aspectos para além de sintomas e doenças, a relação entre médico e paciente também se torna única. O médico verifica aspectos como estado emocional, histórico do paciente, modo de lidar e de reagir à vida e a relação com as pessoas. Ele também verifica os hábitos alimentares, esportivos, familiares e hábitos de sociabilidade, para entender melhor a pessoa como um todo. Com isso, uma importante relação de confiança se estabelece nessa relação.

Escuta ativa

Para estabelecer essa relação de confiança, é preciso que o médico compreenda e aplique práticas de escuta ao atender o paciente. A escuta ativa possibilita um acolhimento humanizado, em que o médico busca refletir sobre as necessidades e anseios do paciente como um todo, em sua fala. Com isso, o médico tem a possibilidade de identificar em si essas necessidades, por serem universais, e tem mais condições de estabelecer uma relação empática com o paciente.

Compartilhamento

Não é só pelo médico que o paciente passa durante o atendimento clínico ou hospitalar. Existe toda uma equipe médica que envolve desde o profissional que o recepciona, enfermeiros, profissionais de limpeza, de alimentação, auxiliares e outros especialistas médicos. Na Medicina Integrativa, as informações sobre o paciente são compartilhadas entre os profissionais médicos envolvidos. Além disso, toda a equipe envolvida está treinada e apta em práticas hospitalares humanizadas, para um melhor cuidado com paciente, em todos os momentos em que está nesse atendimento.

Práticas humanizadas

As práticas hospitalares humanizadas é um protocolo de atendimento, uma postura e atitude dos gestores e profissionais de saúde, no atendimento médico-hospitalar. É uma corresponsabilidade entre os profissionais, que considera fatores psicossociais nos procedimentos médicos, percebendo o paciente como um sujeito de direitos, principalmente, o direito à dignidade humana, o direito à autonomia e ao protagonismo em seu atendimento médico. Essa relação se altera para que ambos tenham condições de se conhecer e se reconhecer como partes importantes nos processos e procedimentos médicos.

Para se entender o que é Medicina Integrativa, é importante que se mude a concepção do que se convencionou na relação entre médico e paciente. Estabelecer uma relação de confiança, de respeito, de compreensão e de referências afetivas faz diferença na qualidade de vida e no prognóstico médico. Talvez esse seja a resposta para acabar com o índice que mostra que 9 em cada 10 brasileiros desaprova a saúde no Brasil.

Você já conhecia a Medicina Integrativa? O que achou? Conta pra gente!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.