Diversos

O que é Oráculo?

O que é Oráculo?

Oráculos – você conhece a arte oracular?




Conheça alguns dos oráculos mais conhecidos e usados por nossos ancestrais e que até hoje são usados para auxiliar o ser humano em suas escolhas e decisões, conheça algumas ferramentas da arte oracular.



O que é Oráculo?


A palavra oráculo significa – (substantivo masculino que significa uma previsão do futuro ou resposta divina).

Os oráculos são comumente usados no meio esotérico para fazer consultas e assim ter respostas sobre algumas questões e dilemas que vivenciamos em nossas vidas.


Os oráculos, em geral são instrumentos que acessam nossa aura e informações do inconsciente pessoal e coletivo, através de símbolos e arquétipos.

Esta parte inconsciente pode ser chamada também de alma, espírito ou eu superior, nesta abordagem, não se trata, então, de algo mágico ou sobrenatural, como muita gente pensa.

Apenas uma forma de estabelecer um elo de comunicação entre essas nossas partes que não se conversam de forma direta.


Se usado de forma consciente e ética e capacitada, os oráculos podem ajudar a entender como reagimos e agimos, fazemos escolhas, repetimos erros, como deixamos que fatores externos (incluindo pessoas) nos influenciam de forma direta e indireta.

Tudo isso para que possamos nos responsabilizar e realizar mudanças positivas em nossas vidas, curando feridas, superando deficiências, desenvolvendo potenciais, explorando dons e talentos, enfim, alcançar um estado de autorrealização.


Tudo o que o oráculo revela está contido no campo de informação do consulente (quem está fazendo a consulta), ou seja, no seu inconsciente, aquela parte que vai além dos cinco sentidos, que é capaz de captar sinais e informações do campo de outras pessoas, dos ambientes e das situações.

Isso quer dizer que o oráculo traz à luz aquilo que está oculto naquele momento. Assim, é possível ter acesso a informações do passado, do presente e ter uma noção das tendências e possibilidades do futuro próximo.


Como os oráculos podem me ajudar?


Insegurança, medo, receio de mudança, são motivos que levam a maioria das pessoas a procurar terapeutas holísticos, tarólogos e cartomantes.


Muitos relatam que após aconselhamento com algum oráculo ouve diminuição de medos, insegurança e até eliminação desses.


Tarólogo há mais de 2 anos, Pedro é cartomante online e relata: “Muitos consulentes (clientes) repassam o feedback após a leitura que ouve diminuição de medos e até eliminação desses, muitas vezes a insegurança que era muito presente antes da consulta, desaparece, fica perceptível alteração até no modo de pensar, o consulente se torna mais consciente do que esta vivenciando e tem mais coragem para tomar decisões importantes”.


Consigo saber do Futuro usando os Oráculos?


Sim, este é o principal motivo da maioria das pessoas que consultam oráculos.

Nosso medo faz com que tenhamos a necessidade de controlar as situações, o que é tão humano quanto ilusório. O que eu aprendi estudando oráculos é que eles são ótimos aconselhadores e sim fazem previsões acerca das tendências dos acontecimentos, mais não controlam suas decisões e nem mesmo o futuro…. as tendências apresentadas por qualquer oráculo nos fazem ter uma noção mais clara do que nos aguarda.


O futuro, de fato, é incerto. principalmente se este futuro incluir outras pessoas (sempre inclui) que, assim como você, possuem livre arbítrio e podem mudar de ideia e direção a qualquer momento, o que fará com que toda a situação mude.


Usar sempre com consciência!


É importante entender que o uso terapêutico de oráculos deve ser limitado.

Estes instrumentos devem servir para nos tornar mais conscientes e livres e não dependentes de leituras e consultas para tomar toda e qualquer decisão.

Caso você mesmo queira fazer a leitura do seu campo, é preciso lembrar que a mente racional é bastante complexa e tendenciosa, o que pode fazer com que o seu entendimento não seja o mais preciso e isso é bastante perigoso e tendencioso.


Os Oráculos existem desde os primórdios da humanidade, pois o desejo de buscar conselhos e previsões sobre o futuro sempre estiveram presentes dentro do ser humano, pois além dos cinco sentidos naturais o sexto sentido sempre estava ali apontando para uma direção espiritual.


Tarô Tradicional


Composto por 78 cartas (lâminas ou arcanos), que se dividem em dois grupos: 22 arcanos maiores (os principais) e 56 arcanos menores (tidos como auxiliares dos arcanos maiores).

Historicamente o registro mais antigo deste Oráculo data do século 13 d.C., onde pode-se encontrar exemplares em museus na Itália, França e Alemanha. Porém estudiosos do ocultismo afirmam que este Oráculo já era usado dos tempos da Atlântida e do Egito antigo.


Ele permite analisar todo tipo de situação humana, realizar previsões, aconselhamentos, tratamento terapêutico a nível mental e espiritual.

Existem milhares de tipos de Tarô tradicional sendo os mais conhecidos: Tarô de Marselha (França) e Tarô de Rider Waite (Rider foi um ocultista do século 20 e Waite a editora que fez as primeiras impressões deste deck de cartas).


O tarô tradicional não está ligado a nenhuma religião, porém carrega consigo simbolismos esotéricos e ensinamentos que podem ser inseridos em suas cartas conforme o gosto e cultura do seu idealizador.

Os arcanos maiores vão do Louco ao Mundo (0 a 21) e os arcanos menores são subdivididos em naipes de copas, ouros, espadas e paus tendo a Corte (Rei, Rainha, Cavaleiro e Valete) e número de 1 a 10. Qualquer pessoa pode aprender a realizar tiradas, porém poucos conseguem de fato utilizar este Oráculo com verdade e maestria.


Sibilla


É um Oráculo que têm grande influência italiana, conhecida como Sibilla Della Zinguera e Sibilla Indovina, é um oráculo composto de 52 cartas divididas em 4 naipes (copas, ouros, espadas e paus) e a corte Rei, Rainha e Valete. Como pode perceber são baseadas nos arcanos menores do Tarô, porém com algumas diferenças em suas interpretações e não contendo as 4 cartas dos Cavaleiros.


Ela é pouco conhecida no Brasil, porém utilizada por oraculistas que gostam de sair da sua zona de conforto e buscam aprender a utilizar novos Oráculos. Sua utilidade é para realizar aconselhamentos e previsões para o futuro de uma pessoa ou de empresas.

Dizem que as pessoas falam, mas as cobras sibilam, ou seja, seria um Oráculo que com sabedoria conta o que a pessoa quer saber, e as vezes a verdade pode doer, já que neste caso a cobra tem a conotação de sabedoria, símbolo muito utilizado no meio ocultista entre os consagrados.


Os registros mais antigos deste Oráculo datam do século 18 na Itália, porém quando se falam de Oráculos na Europa há alguns países que caminham juntos: Itália, França, Espanha e Alemanha, pois têm grandes raízes ocultistas, que mesmo com a inquisição da idade média não foi capaz de extinguir a vontade e o conhecimento de religiões e seitas mais antigas do que os tempos conhecidos.


Petit Lenormand


Este Oráculo data do século 18, sendo uma homenagem a afamada cartomante de Napoleão, a senhorita Marie Anne Adelaide Lenormand. Sua inspiração foi em cima de um jogo de tabuleiro da época chamado Jogo da Esperança. Após a morte de Marie Anne, editores ocultistas da época lançaram este oráculo maravilhoso – que de certa forma também é uma Sibilla -, que chegou ao Brasil no começo do século 20 e acabou sendo rebatizado de Baralho Cigano.

Ele caiu nas graças de milhares de umbandistas, e por esta religião brasileira ter uma falange de espíritos chamada de Ciganos – que trabalham dentro da linha espiritual do Oriente -, acabou sendo uma alternativa mais fácil e prática do que os Búzios, que eram apenas usados e ensinados a pais e mães de Santo.


O Baralho Cigano contendo 36 cartas baseadas nos naipes de copas, ouros, espadas e paus contendo apenas as cartas numeradas de 6 a 10 e a corte Rei, Rainha e Valete, com figuras do dia a dia facilitaram as interpretações de passado, presente, futuro e aconselhamentos de tal forma que existem hoje centenas de tipos de baralhos confeccionado no Brasil. Além de vários professores e professoras deste Oráculo.

No final do século 20 ele recebeu mais um nome: Tarô Cigano, pois sua importância se tornou tão grande para alguns oraculistas que o elevou ao mesmo nível do Tarô tradicional – embora para mim todos os Oráculos estão no mesmo nível, não sendo para nenhum melhor ou pior, são todos ótimos e maravilhosos!

Agora sem sombra de dúvidas, pelas minhas pesquisas o Baralho Cigano é o Oráculo mais utilizado no Brasil, e a Umbanda com os Ciganos tem forte influência, pois com a ajuda espiritual destes maravilhosos Seres de Luz quem utiliza este Oráculo no Brasil recebe um plus, uma energia extra, embora seja um Oráculo que pode ser usado por qualquer pessoa de qualquer religião.


Búzios


Os Búzios são conchinhas do mar, porém este tipo de molusco não se encontra no Brasil, as conchinhas dos Búzios são trazidas da África.

Datar este maravilhoso Oráculo é impossível, sendo o Candomblé mais antigo que o Cristianismo e o Judaísmo, podemos acreditar que o jogo de Búzios é realmente milenar. Ele pode ser confeccionado com 16 ou 22 búzios – depende da vertente de ensinamento-, a caída dos Búzios é contada dentro de um sistema lógico onde o oraculistas determina quem é o Orixá que está respondendo (comunicando-se) e qual a resposta do mesmo.

Há uma Orixá denominado Ifá que traz as mensagens dos outros Orixás até o interpretante, além disto muitos oraculistas de Búzios ouvem em seus ouvidos espirituais o comunicado. Por esta razão se torna além de um sistema complexo de caída de Búzios (conchas), o oraculista tem que ser alguém com uma mediunidade muito apurada para ouvir o recado dos Orixás.

Um belo e antigo Oráculo que poucos conseguem usá-lo, este sim está ligado a uma religião maravilhosa, com uma mitologia fantástica chamada Candomblé. Estudar esta religião mesmo que por curiosidade te fará repensar muitas coisas de outras religiões, pois os Orixás são divindades com lições e histórias que não deixam nada a desejar para outras crenças, na verdade podem acrescentar muita sabedoria e até mesmo uma reforma íntima.


Runas


Este Oráculo é baseado em 24 símbolos, forma ou desenhos nórdicos, e é quase que impossível datar sua aparição. Segundo a mitologia nórdica ele foi criado por Odin (Deus dos Deuses nórdicos, pai de Thor).

Os símbolos rúnicos podem ser entalhados ou desenhados em madeira, pedra ou papel. Cada representação tem um significado que é interpretado pelo oraculistas conforme a tirada de dentro de um saquinho de pano.

Há outro método que se utiliza uma toalha com um determinado desenho, joga-se todas as Runas de uma vez só sobre ela e onde cada uma cai, sua posição (normal ou invertida) gerará uma interpretação, para a leitura requer muito estudo e treino, sendo um dos Oráculos mais complexos de se usar, tendo a mesma eficácia dos demais.


I Ching


O I Ching, também conhecido como Livro das Mutações, é um dos maiores legados do povo chinês. Amplamente utilizado como oráculo, funciona como uma espécie de livro da sabedoria. É um conhecimento muito antigo acerca de como os chineses compreendiam e eram capazes de explicar os acontecimentos do dia a dia.


Essa prática consiste em um compilado de textos que foram escritos ao longo da História por sábios e mestres, que tinham como objetivo esclarecer para as pessoas alguns princípios de suas próprias condutas.

O I Ching é rico em filosofias como o Taoísmo, o Te Ching, o Confucionismo e o princípio das dualidades, Ying e Yang.
O I Ching assume que tudo na natureza está em constante mudança. Daí a origem da palavra, em que “I” é um ideograma cujo significado é associado a “mutação”, “movimento”, e “Ching” refere-se a “livro clássico”. I Ching quer dizer, então, “livro das mutações”.


A pessoa formula uma pergunta precisa, sobre algum esclarecimento do qual tem curiosidade em saber. Depois disso, são lançadas moedas para a obtenção da resposta.

Estes instrumentos são agrupados seis vezes, formando linhas, também chamadas de hexagramas – que podem ser firmes ou maleáveis/mutáveis. Linhas firmes ocorrem quando as moedas caem em lados diferentes.

Quando caem todas do mesmo lado, dá-se a linha mutável – a ocorrência de uma linha como essa, ou mais, cria um novo hexagrama, representando o que acontecerá no futuro em relação à pergunta feita pelo consulente.


Cada uma dessas linhas sorteadas contém um significado específico baseado no princípio da dualidade Ying e Yang, através do qual compreendemos que não existe bom ou mau, positivo ou negativo, mas uma complementaridade entre opostos. A ideia é equilibrar tudo que existe ao nosso redor.


Bom agora que conheceu um pouco sobre tudo isso espero que tenham gostado, todos esses oráculos são poderosos e quando bem trabalhados são grandiosos em certas mãos então sempre tomem cuidado sempre procurem o bem!


Plante o Bem e colha o bem!


Todos por um bem maior um mundo melhor! Procure sempre fazer o melhor apesar de tudo, quando só se planta coisa boa só se colhe coisa boa!


O Tarólogo Pedro é cartomante online e diariamente aconselha pessoas do brasil todo. Segundo Pedro, A função do tarólogo é quebrar o medo e o receio de tomar decisões te ajudando a sair da inércia!

Esperamos que tenha gostado do artigo! Deixe abaixo sua dúvida, sugestão ou elogio, ok?

Até a próxima!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.