Sabia que a otite pode atrapalhar o aprendizado do seu filho?

Eu fui uma criança que vivia com dor de ouvido e muita secreção. Minha mãe conta que sempre sofri com esse problema.

Me lembro de aos 6 ou 7 anos ter uma dor de ouvido muito forte e ser levada ao PS para fazer uma lavagem no ouvido. Consigo lembrar como se fosse ontem o medo, a sala em que me colocaram em uma cadeira de frente para minha mãe e a cara de choro dela ao me ver fazer a tal lavagem.

Muitos anos depois, eis que meu filho mais novo, vem a sofrer com os mesmos episódios de otite de repetição com febre, dores e muita secreção.

Então fui pesquisar e saber um pouco mais como poderia ajudar meu filho a passar por esse processo sem grandes traumas e sofrimento.

Consultei a clínica Gobbo aqui na minha cidade e fizemos diversos exames no Lorenzo para então descobrir que ele tinha Otite do Ouvido Médio.

O ouvido capta os sinais sonoros e tem o papel de amplificar e encaminhar esse sinal ao cérebro, que por sua vez, fará a interpretação desse som.

O ouvido é divido em 3 partes, sendo elas a interna, a média e a externa.

Ouvido interno: é o verdadeiro responsável por traduzir as ondas sonoras em impulsos nervosos e então transmitir isso ao cérebro.

Ouvido médio: é o responsável pela amplificação do som partindo da vibração da membrana do tímpano. Tem uma ligação com o nariz e a garganta que se chama tuba auditiva.

Ouvido externo: é o responsável por captar o som e conduzi-lo ao tímpano.

Otite do Ouvido Médio

Fonte da imagem: Blog FisioBrasil

Toda vez que algo atrapalha ou impede que esse processo seja feito corretamente a interpretação daquele som será prejudicada fazendo com que a aprendizagem e o desenvolvimento da fala de uma criança também seja afetada.

Como é o ouvido de uma criança?

O tamanho da cabeça da criança é diferente da de um adulto e com isso a tuba auditiva (ligação do ouvido com o nariz e a garganta) é mais curta e horizontalizada e isso é um facilitador para a concentração de secreção que acaba por tornar o local conveniente a infecções.

Conforme essa criança vai crescendo a tuba fica mais longa e protegida e aos 7 anos de idade a já vemos igual a de um adulto.

Como é o ouvido de uma criança

Fonte da imagem: Pediatria Virtual

O que é a Otite e como diagnosticá-la?

A otite é uma inflamação do ouvido que pode ser otite externa (ataca o canal auditivo) ou otite média (inflamação da mucosa que reveste o ouvido médio).

No caso do meu filho Lorenzo, a otite era do ouvido médio. A dificuldade de se diagnosticar esse tipo de otite é que, na maioria das vezes, a criança não sente dor, mas pelo fato de o ouvido estar inflamado, tem certa perda auditiva (com aquela sensação de ouvido tapado). Então a médica me alertou para possíveis sinais que poderiam identificar esse tipo de otite:

  • Quando a criança assiste Televisão ou tablet com som muito alto
  • Quando a criança grita ou fala muito alto com frequência
  • Falta de interesse nas conversas
  • Levar as mãozinhas aos ouvidos ou coçá-los com frequência
  • Criança muito agitada e com queixas na escola

Como a otite pode interferir na aprendizagem da criança?

A secreção no ouvido acaba atuando como uma barreira que impede o caminho do som até o cérebro, o que causa algum tipo de perda auditiva, pois a criança passa a não compreender totalmente os sons de uma conversa, principalmente se essa for feita em um local com muitos ruídos e interferências (a sala de aula seria um exemplo).

Lorenzo vivia falando “o que?” para diversas frases e conversas… brincávamos que parecia um velhinho, mas não sabíamos que ele enfrentava uma dificuldade para ouvir todas as sílabas.

Uma dica de muitos pediatras e otorrinos é que todas as crianças façam um teste auditivo na idade pré-escolar, pois quanto mais cedo for diagnosticado melhor será para o aprendizado e a cura. Fonoaudiólogos ressaltam que as perdas auditivas causadas pela otite provocam atrasos na fala e no desenvolvimento da linguagem.

Como tratar?

Quem vai diagnosticar e dar o melhor tratamento para cada caso é o médico otorrinolaringologista (especialista em ouvido, nariz e garganta). É ele quem dirá se o tratamento será com remédios, com cirurgia ou apenas com algumas mudanças de rotina na criança.

Como evitar a otite?

Segundo os médicos e fonoaudiólogos a maior incidência de otite ocorre pela higienização errada do ouvido da criança.

Na hora do banho é importante não deixar entrar água dentro do ouvido e na higiene da orelha é importante não usar cotonetes, grampos ou outros objetos, pois eles acabam por empurrar a cera para perto do tímpano (que muitas vezes até é perfurado por conta desses objetos).

Outra grande vilã é a natação, principalmente para crianças que tem incidência maior de dores de ouvido e otites de repetição. Em todos os casos a indicação é para o uso de protetores auriculares que vedam a entrada de água nos ouvidos.

Muitas vovós aconselham a pingar álcool, vinagre ou óleo quente nos ouvidos, mas essa prática é totalmente desaconselhada por médicos e especialistas.

Lembrando que uma otite mal curada pode levar a diversas complicações, entre elas a surdez.

Outras dicas simples e que trazem bons resultados são:

  • Alimente o bebê com leite materno
  • Não amamente ou dê mamadeiras com a criança muito deitada
  • A vacina da gripe deve ser dada todos os anos, a partir dos 6 meses
  • Mantenha as narinas da criança desobstruídas usando muito soro fisiológico para limpar e hidratar. Esse hábito deve ser feito diariamente.
  • Cuidado com cigarro próximos de crianças, pois sua fumaça aumenta as chances de infecções de ouvido

Existem estudos que destacam que esse tipo de otite média acaba por atingir 90% das crianças com até 7 anos de idade e que, segundo as estatísticas, 75% delas poderá apresentar o problema por até 3 vezes no mesmo ano.

Então é muito importante estarmos atentos aos sintomas tão silenciosos dessa doença.

Sou Marília Tannuri Verni.

Mãe de 2 meninos, publicitária, idealizadora do portal Grávida em Campinas e proprietária do Ecommerce Petit Papillon Bebê & Criança. Uma apaixonada pelo universo infantil e por todas as chances que a maternidade nos proporciona.

Avaliação
Data:
Artigo:
Sabia que a otite pode atrapalhar o aprendizado do seu filho?
Classificação:
51star1star1star1star1star

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *