Dicas

Quem criou os rádios comunicadores?

Quem criou os rádios comunicadores?
Quem criou os rádios comunicadores

Os rádios comunicadores são utilizados no mundo todo atualmente, como uma eficiente forma de comunicação.

A tecnologia utilizada nos rádios comunicadores hoje em dia passou por várias transformações, desde que a transmissão de ondas de rádio surgiu.

Existem algumas controvérsias sobre quem desenvolveu essa tecnologia. A suprema corte americana deu a Nikola Testa o mérito da criação do rádio, mas alguns colocam que ela foi desenvolvida pelo italiano Guglielmo Marconi.

No Brasil, a primeira transmissão radiofônica foi em 1922. A primeira emissora de rádio do Brasil foi a Rádio Sociedade, do Rio de Janeiro, que depois foi doada para o governo e hoje se chama Rádio MEC.

Hoje, existem diversos operadores que transmitem sinais radiofônicos, sendo esse um canal antigo, mas que nunca cai em desuso.

Como os rádios comunicadores funcionam?

As ondas de rádio são transmitidas de um local a outro, e no local de recebimento, elas são codificadas. Essa codificação permite que se escute o que foi falado, por exemplo.

Utilizando a tecnologia dos rádios até então usada unilateralmente — as informações mandadas de um local para o outro (de emissor para receptor) — criou-se a forma bilateral, onde existe a troca das informações — os dois lados emitem e recebem.

Os rádios comunicadores portáteis têm origem na Segunda Guerra Mundial. A Galvin Manufacturing Corp, hoje conhecida como Motorola, criou o primeiro rádio bidirecional portátil. Era o Handie-Talkie SCR536.

Depois a Motorola melhorou sua tecnologia e criou o primeiro rádio comunicador FM bidirecional portátil, o SCR300. Ele pesava 15,9 kg e tinha um alcance de 16 a 32 km.  De lá para cá a Motorola, que é líder nesse mercado de rádios comunicadores, apresenta diferentes modelos — que atendem a todo tipo de usuário nas suas mais diferentes necessidades.

Dos walkie-talks utilizados pelas crianças para os rádios amadores e enfim chegando aos rádios de uso profissional que são utilizados nas mais diferentes empresas e pelos mais diferentes tipos de profissionais, muito avanço tecnológico ocorreu.

A Motorola conta hoje com uma vasta gama de modelos de rádios comunicadores:

  • Analógicos portáteis;
  • Analógicos móveis;
  • Repetidoras,
  • Digitais portáteis;
  • Digitais móveis;
  • Rádios TalkAbout.

Essas inovações e gama de equipamentos permite que hoje a Motorola ofereça soluções que podem alcançar até 160 km e rádios comunicadores com até 16 canais diferentes de comunicação.

É um grande avanço para a comunicação poder utilizar os rádios comunicadores e essa comunicação ser clara e funcional a grandes distâncias, com várias pessoas a se comunicar por meio deles sem depender de sinais de operadoras e intermediários, transforma esse tipo de comunicação em algo a cada dia de maior alcance e utilização.

Desde a primeira utilização das ondas de rádio até hoje, um longo caminho de inovação e tecnologia tem sido traçado e certamente ele não termina aqui. A tecnologia para os rádios comunicadores está em constante transformação, o que torna a sua eficácia cada vez melhor.
Os rádios comunicadores podem utilizar da tecnologia digita e da analógica, sendo que ambas conseguem cumprir bem a função de comunicação, mesmo que em longas distâncias.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.