Dinheiro e Negócios

Regras de gestão: como se tornar um líder de sucesso?

Regras de gestão: como se tornar um líder de sucesso?

No livro ” Regras de gerenciamento : como os líderes de sucesso se comportam”, do escritor inglês  Richard Templar  , são apresentadas regras de ouro que ensinam como agir, falar e parecer para inspirar sua equipe e alcançar o máximo de resultados. Eles ensinam comportamentos e ações que o protegerão de erros.

Como gerenciar uma equipe?

As pessoas podem administrar-se com êxito se tiverem a oportunidade de utilizar as seguintes regras:

Regra 1:  “ Envolva a equipe emocionalmente”

Convença a equipe – e isso é verdade – de que através de seus esforços, a vida de outras pessoas pode mudar para melhor.

Regra 2: “Estude a equipe e suas funções”

A equipe não poderá trabalhar em conjunto se todos estiverem ocupados em alcançar seus próprios objetivos.

Regra 3: “Estabeleça metas reais”

Mantenha seus superiores atualizados e peça mais esclarecimentos.

Regra 4: “Não participe de conversas em reuniões”

É necessário identificar antecipadamente a principal tarefa para a qual você reúne pessoas e faz tudo para que uma decisão apropriada seja tomada sobre esse assunto.

Regra 5: “Realize a reunião em um ambiente descontraído”

Você deve ser a pessoa que será a primeira a abandonar o antigo modelo de reunião.

Regra 6: “Crie uma equipe que o superará”

Se você conseguir criar uma boa equipe, ela se acostumará e não desejará outro gerente.

Regra 7: “Defina os limites do permitido ou as regras do jogo”

A estrutura e os limites são bons porque você e a equipe conhecem uma linha que não pode ser ultrapassada.

Regra 8: “Livre-se do lastro”

Aqueles que não têm audiência não têm nada a ver na orquestra.

Regra 9: “Confie e instrua”

Crie uma equipe, defina uma tarefa para ela e não interfira no trabalho.

Regra 10: “Deixe a equipe cometer erros”

Diga-me – e eu lembrarei disso por uma hora; show – e eu vou lembrar ao longo do dia; deixe-me fazer isso sozinho – e eu vou me lembrar disso por toda a vida.

Regra 11: “Aceite-os como são”

Você não pode formar uma boa equipe exatamente das mesmas pessoas – ela conterá apenas líderes ou executores.

Regra 12: “Elogie e incentive”

Diga aos seus subordinados que tudo vai dar certo antes que eles cheguem ao trabalho.

Regra 13: “Saiba como encontrar as pessoas certas”

Você deve aprender a selecionar as pessoas necessárias para resolver os problemas que está enfrentando e não interferir no trabalho deles.

Regra 14: “Prepare-se para responder a todos”

A maneira mais fácil de tentar culpar a equipe, mas esse número não funcionará.

Regra 15: “Consiga o que você merece”

Você realmente fez um acordo bem-sucedido e vendeu seu produto com lucro, mas sua equipe o criou. O que você venderia sem ela?

Regra 16: “Ofereça o melhor para a equipe ”

Dê à equipe tudo o que você precisa e a melhor qualidade. E não interfira mais, deixe-os fazer o seu trabalho.

Regra 17: “Celebre e comemore”

Por que não elogiá-los? Mesmo se falhamos, isso não significa que as pessoas não deram o melhor de si.

Regra 18: “Lembre-se de tudo o que você fez e disse”

Quanto mais sucesso você tiver em atuar como gerente, mais informações você precisará armazenar na memória e no computador.

Regra 19: “Pare o conflito”

Você não pode tomar partido em um conflito. Pelo contrário, devem ser tomadas medidas rápidas e decisivas para contê-lo.

Regra 20: “Crie uma atmosfera favorável”

Você sozinho não é nada. Juntos, vocês são uma equipe.

Regra 21: “Cultive a lealdade e o espírito de equipe”

Provavelmente, você passa mais tempo com sua equipe do que com sua família.

Regra 22: “Defenda os interesses da equipe”

Primeiro crie uma equipe e, em seguida, atinja certos resultados, e somente depois vá às autoridades e exija “tudo e agora”.

Regra 23: “Confie nos subordinados”

Você mostra que confia nas pessoas quando não interfere no trabalho delas, mas está sempre pronto para ajudar.

Regra 24: “Respeite a individualidade de cada um”

São as características individuais dos membros da equipe que tornam seu trabalho verdadeiramente eficaz.

Regra 25: “Aprenda a ouvir os outros”

Converse com a equipe. Deixe as pessoas compartilharem seus pensamentos e idéias com você.

Regra 26: “Procure uma abordagem para cada membro”

Você deve entender as características individuais dos membros de sua equipe e levá-las em consideração ao trabalharem juntas.

Regra 27: “Faça as pazes com as ambições dos subordinados”

Estimule o interesse da equipe em treinamento adicional e crescimento profissional.

Regra 28: “Não tente resolver cada disputa a seu favor”

Você não tem o monopólio da verdade e não pode corrigir subordinados em todas as ocasiões.

Regra 29: “Conheça o papel de cada membro da equipe”

Não há necessidade de poder fazer o trabalho de um subordinado no nível dele – no final, você paga a ele por isso.

Regra 30: “Certifique-se de que as pessoas saibam exatamente o que se espera delas”

É melhor explicar às pessoas o que você espera delas desde o início.

Regra 31: “Lembre-se de reforço positivo”

Você não precisa ser muito sofisticado quando está para elogiar alguém.

Regra 32: “Não tente justificar demandas ridículas”

Não tente encontrar uma desculpa para o que você considera estúpido e desnecessário, especialmente aos olhos de sua equipe.

Regra 33: “Boas-vindas a novas idéias”

Se todos oferecerem algo novo pelo menos uma vez por semana, até o final do ano, você descobrirá que muitas coisas em seu trabalho mudaram para melhor.

Regra 34: “Ensine as pessoas a chegar até você com soluções, não com problemas”

Toda declaração sobre um problema deve ser atendida com uma pergunta: “E o que você acha que eu devo fazer?”

 

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.