Dicas

Casamento ao ar livre: entenda se vale a pena

Casamento ao ar livre: entenda se vale a pena

Realizar um casamento ao ar livre é, de fato, o sonho de muitos noivos e noivas pelo Brasil e pelo mundo. Afinal, a cerimônia fica mais bonita, romântica e especial quando realizada em um parque, praia ou um quintal com muitas árvores.

No entanto, é fato que o casamento ao ar livre traz uma série de exigências e cuidados de logística que uma festa mais tradicional não apresenta.

Por isso, muitos noivos se perguntam se vale a pena realizar um casamento ao ar livre ou se é melhor optar por um modelo mais tradicional.

Para saber a resposta para essa pergunta, siga a leitura do artigo abaixo!

Quais são os desafios de um casamento ao ar livre?

Um casamento em um espaço aberto, ao ar livre, traz uma série de desafios próprios que os noivos precisam se preparar para saber como lidar.

Veja a seguir alguns deles!

Som

Muitas noivas e noivos sonham com um casamento muito musical, com um coral para casamento ou uma orquestra, além de um DJ para conduzir uma balada depois.

Em um casamento em espaço aberto, isso fica um pouco mais complicado de ser realizado, embora não seja impossível.

A razão disso é que o som se propaga pelo ar e um espaço aberto tem uma acústica diferenciada. Ter um coral ou orquestra que toque ao vivo, por exemplo, fica mais complicado.

Isso faz com que seja necessário optar por um prestador de serviços musicais que use uma caixa de som potente. Isso nos leva ao nosso próximo desafio…

Energia

O fornecimento de energia elétrica em um espaço a céu aberto é duvidoso, no mínimo. Em algumas situações, pode ser completamente nulo.

Se não houver um gerador disponível para o evento, é possível que o fornecimento de energia elétrica dependa de uma série de fios puxados, o que pode resultar em riscos de segurança ou quedas de energia.

Por isso, é importante pensar nos elementos que exigem energia elétrica (geladeira, aparelhos de som, caixas de som, luzes, etc.) e entender como fornecer essa energia no evento.

Temperatura

Um desafio de logística em relação ao casamento ao ar livre é a temperatura do dia do evento.

O problema é que essa situação é afetada pelos dois extremos do clima: uma festa com calor demais é negativa, mas uma festa no frio também é ruim.

Isso sem falar no risco da chuva, que também atrapalha qualquer tipo de casamento em um espaço aberto.

Por mais que seja possível fazer uma previsão do tempo com antecedência e tentar marcar o evento para um mês com poucas chuvas e clima amena, não dá para ter certeza de qual será a temperatura do dia até chegar bem perto dele.

Por isso, é importante pensar em soluções para driblar os extremos de temperatura que possam atrapalhar a cerimônia.

Penetras

Um dos riscos de fazer um casamento em um espaço público, como uma praia ou um parque, é que podem aparecer penetras que entrem e usufruam da festa. Isso acontece mesmo que você tenha autorização municipal para estar naquele local.

A solução é contratar um time de segurança que faça o controle dos convidados, o que pode encarecer o seu orçamento.

Lixo

Por fim, vale lembrar que uma cerimônia de casamento gera uma dose considerável de lixo. Em casamentos sustentáveis, a maior parte é reciclada ou reaproveitada, mas em festas mais tradicionais há um bom número de copos, talheres, guardanapos, latas e garrafas de bebidas e muitos outros elementos que vão para o lixo.

Em um espaço a céu aberto, isso pode ser um problema sério. Por isso, será necessário montar uma logística de coleta do lixo para não poluir o lugar.

Vale a pena ter um casamento ao ar livre?

Considerando todos os elementos que citamos acima, será que vale a pena realizar um casamento ao ar livre? É claro que sim.

Afinal, como dizia Fernando Pessoa, “tudo vale a pena quando a alma não é pequena”. Isso significa que, se você souber como lidar com os aspectos negativos, tudo vale a pena.

Por isso, caso o seu sonho seja casar ao ar livre, então vá em frente. No entanto, lembre-se de que esse tipo de cerimônia exige um certo planejamento para lidar com alguns desafios próprios.

Tendo um plano para lidar com cada problemática e criando uma opção de reserva para fazer a festa mesmo com chuva, você não terá dificuldades para casar ao ar livre e poderá aproveitar ao máximo da praia, parque ou outro cenário que escolheu para a sua cerimônia.

E aí, aprendeu como lidar bem com um casamento ao ar livre? Agora é só colocar esse conhecimento em prática na hora de organizar o seu casório e garantir que tudo será um grande sucesso!

O que você achou do nosso artigo? Gostou? Ele foi útil para você? Se sim, compartilhe-o em suas redes sociais e marque as pessoas que estão organizando o seu casamento com você!

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.