Dinheiro e Negócios

Manicures precisam ter CNPJ?

Manicures precisam ter CNPJ?

É possível dizer que as manicures são profissionais essenciais nos dias de hoje, especialmente no momento em que as unhas se tornaram focos importantes do mercado da beleza.

Por mais que a área receba seu valor a um bom tempo, durante um longo período a profissão se restringiu aos atendimentos em salões ou sem qualquer tipo de registro.

Mas, com o avanço dos pensamentos sobre a importância de empreender, muitas pessoas do ramo acabaram se questionando sobre a necessidade de ter um CNPJ.

Afinal de contas, esse tipo de registro é vantajoso para a profissão? Quais pontos devem ser analisados nessa decisão?

Estas e outras dúvidas poderão ser sanadas ao longo deste conteúdo, então não deixe de conferir!

A profissionalização das manicures

Na introdução deste artigo falamos sobre a prática comum das manicures de atuarem apenas em salões, sem qualquer tipo de registro ou garantias.

Essa acabava sendo uma prática negativa, já que deixava os profissionais expostos, uma vez que em grande parte não possuíam qualquer tipo de direito, além do valor recebido pelos serviços.

Com o passar dos anos as impressões sobre essa situação foram mudando, especialmente quando as manicures deixaram de focar tanto nos salões, passando a trabalhar por conta própria.

A partir desse momento foram surgindo dúvidas a respeito da profissionalização da área, especialmente por meio da abertura de empresa, que nada mais é do que ter um CNPJ.

O CNPJ (Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica) nada mais é do que um meio de registrar as atividades, tornando-as regulares por meio de pagamento dos impostos devidos.

Ao ter um CNPJ você passa a ser visto  (a) como uma empresa, recebendo os benefícios que lhe garantem boas oportunidades de crescimento neste mercado.

O MEI (Microempreendedor Individual) é uma excelente alternativa para as manicures, já que é bem simples de abrir, possui baixos impostos e gera diversas garantias.

Por isso, se você sempre teve dúvidas se vale a pena abrir uma empresa e ter um CNPJ, saiba que este é um meio prático de contribuir com o país e manter suas atividades regulares!

Este é um fator muito interessante para garantir a valorização da profissão, que passa a exercer um papel ainda mais importante no mercado!

Como transformar a arte de fazer unhas em profissão?

Muitas pessoas levam a arte de fazer unhas como lazer, já que de fato é uma atuação bastante prazerosa, que lida diretamente com a beleza e o bem estar.

No entanto, para quem realmente se dedica e realiza os procedimentos corretos, é possível sair de algo amador, indo para patamares ainda mais altos.

A manicure é uma área constantemente procurada, na qual não faltam oportunidades, portanto pode ser uma excelente alternativa se profissionalizar no ramo.

Caso você esteja interessado (a) neste assunto, mas não saiba por onde começar, a seguir traremos algumas dicas práticas para se profissionalizar como manicure.

Então, se deseja garantir seu espaço nesse mercado, que pode render um excelente futuro, não deixe de aproveitar todas as informações a seguir!

1. Não abra mão de qualificação 

Não são raros os casos de manicures extremamente talentosas que começam na profissão sem qualquer tipo de curso, aproveitando apenas de suas habilidades.

Este é um ponto muito interessante, pois é realmente surpreendente trabalhar tão bem com algo que não possuímos especialização e/ou formação, especialmente em áreas ligadas a beleza.

No entanto, se você deseja se profissionalizar como manicure, os cursos podem ser uma excelente forma de receber todo o conteúdo necessário para atuar da melhor maneira possível.

Encontrar um bom curso de manicure não é uma tarefa tão difícil, bastando uma simples pesquisa e muita dedicação no desenrolar dos conteúdos.

Por isso, se deseja crescer no ramo, saiba que a qualificação é o primeiro passo, e pode até ser considerado o mais importante de todos, então invista!

2. Pense na possibilidade de abrir uma empresa

Ter um CNPJ pode abrir muitas portas para manicures, já que ao ter uma empresa você não precisaria mais depender de salões de beleza para trabalhar.

Com uma empresa você consegue passar maior seriedade e profissionalismo para as suas clientes, além de ter acesso a muitas oportunidades no mercado.

Como já dissemos, não é tão difícil abrir um MEI, e com ele é possível ter um CNPJ que lhe dá diversos direitos, especialmente no tocante a recursos financeiros, como empréstimos e linhas de crédito.

Por mais que possa parecer mais cômodo trabalhar de forma autônoma, sem nenhum tipo de registro, ter uma empresa aberta é uma garantia a mais de que seu futuro estará assegurado pelo trabalho exercido agora.

Então, pense bem nessa possibilidade, observando tudo que a regularização de atividade pode trazer como benefício para o ramo das manicures!

3. Invista em uma boa rede de clientes 

Se você deseja levar a manicure como uma profissão, esta não pode ser vista como um hobby, necessitando de investimentos para a conquista de um bom espaço no mercado.

Não tem outra forma de conquistar espaço se não por meio de bons clientes, que solicitam os serviços com frequência, garantindo a evolução profissional e financeira.

Por isso, priorize o investimento em seus clientes, pensando sempre em meios de conquistar ainda mais espaço, o que certamente garantirá uma agenda lotada e um bom lucro no final do mês.

Atualmente é possível levar uma vida confortável sendo manicure, uma vez que o mercado é bem propício para a lucratividade, devido a alta demanda.

Mas, para isso é fundamental que se invista em meios de sair da região amadora, levando a arte de fazer unhas para patamares ainda mais altos e relevantes.

Alguns destes meios foram descritos acima, e é fundamental que você os leve em consideração, já que se trata da forma mais rápida de atingir bons resultados, trabalhando com algo extremamente prazeroso.

Sendo assim, agora que você tem o caminho certo para seguir, não deixe de colocar tudo em prática, pois será muito vantajoso para a evolução da atuação das manicures no mercado!

Lembrando que um bom curso de manicure pode te ensinar tudo isso e muito mais, especialmente no que diz respeito a qualificação necessária, então invista e seja feliz!

 

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.