Dicas

Monitoramento do celular dos funcionários: entenda se vale a pena

Monitoramento do celular dos funcionários: entenda se vale a pena

Todos nos sentimos ameaçados e ficamos irritados ao saber que alguém está invadindo nossa privacidade. A sensação de sermos observados constantemente nos deixa inquietos e muito estressados.

O maior problema é quando isto passa a ser obrigatório e, pior ainda, se for implícito pelo ambiente em qual desempenhamos nossos trabalhos. Invasão de privacidade tende a acabar em muitos desentendimentos

E, por isso, vamos levantar a questão a você leitor:

Você acha que o monitoramento do celular dos funcionários é uma boa para a gestão que cuida da empresa?

É importante levar em conta como rastrear alguém pelo celular e isso deve ser analisado sobre vários fatores. Em muitos casos não há necessidade, mas em uma gestão bem aplicada o monitoramento pode sim ser muito útil.

jovem no parque usando celular

Saiba diferenciar avaliação pessoal de avaliação profissional 

Deve ser mantido para fora da empresa qualquer problema que a pessoa venha a ter. Um trabalho é um trabalho, e não um lugar para descontar suas frustrações nas pessoas a sua volta.

Ao mesmo tempo, é de bom tom que a empresa entenda que a vida pessoal do funcionário nada influencia em seu emprego. Por mais que suas atitudes sejam diferentes do fit cultural que a mesma carrega.

Se por ventura, um chefe deixa que sua opinião pessoal sobre alguém que é um bom funcionário sobreponha a sua profissional, esta já é uma atitude que pode ser considerada antiética.

Em um ambiente corporativo, não é necessário amizades ou que todos se deem bem para fazer o trabalho fluir. Claro que um bom papo e algumas risadas são bem-vindas para deixar o ambiente alegre e descontraído, mas não são o foco.

De nada importa a vida pessoal de ninguém ali dentro. O que importa é a boa convivência e o trabalho em equipe para alcançar o objetivo desejado.

Certo, mas e a imagem da minha empresa? 

De certo, isto é algo a se pensar pela gestão.

Como seu negócio é visto e com o quê ele compactua é o que pode mudar o destino de uma nova negociação.

Deixar seu funcionário ciente do peso e do nome da sua marca é algo necessário assim que ele é contratado por você, portanto, faça o devido treinamento assim que efetuar a contratação.

Também faça uma avaliação de perfil de quem você está querendo que vista a sua camisa e te represente como colaborador. Faça perguntas inteligentes e associe-as aos pilares do seu negócio.

De nada adianta contratar alguém que simplesmente não se assemelha com o que você tem a oferecer. Em casos assim, o problema não será no funcionário, mas sim em como foi feita sua escolha.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.