Automotivo

Quais as 2 principais partes de um motor elétrico

Quais as 2 principais partes de um motor elétrico

Como todas as máquinas elétricas, um motor elétrico é constituído por um circuito magnético e dois elétricos, um colocado na parte fixa (estator) e outra na parte móvel (rotor).

O circuito magnético dos motores elétricos de corrente alternada é formado por chapas magnéticas empilhadas e isoladas entre si para remover o magnetismo residual.

O circuito magnético é formado por chapas empilhadas em forma de cilindro o rotor em forma de anel em o estator.

O cilindro é introduzido no interior do anel e, para que ele possa girar livremente, há que dotá-lo de um air-gap constante.

O anel é dotado de ranhuras em sua parte interior para colocar o enrolamento indutor é envolvido externamente por uma peça de metal com suporte a chamada de capa.

O cilindro se formou ao eixo do motor e pode ser entalhado em sua superfície para colocar o enrolamento induzido (motores de rotor bobinado) ou se lhe incorporam condutores de grande seção soldados aos anéis do mesmo material nas extremidades do cilindro (motores de rotor em curto-circuito) semelhante a uma gaiola de esquilo, daí que recebam o nome de rotor de gaiola de esquilo.

O eixo apoia-se em cerca de rolamentos de esferas de aço para evitar a fricção e tira-se ao exterior para transmitir o movimento, e tenha colocado um ventilador para refrigeração. As extremidades dos enrolamentos retiram-se para o exterior e se conecta à placa de bornes.

Estator E Rotor

Constitui a parte fixa do motor. O estator é o elemento que funciona como base, permitindo que, a partir desse ponto se leve a cabo a rotação do motor. O estator não se move mecanicamente, mas se magneticamente. Existem dois tipos de estatores:

a) Estator de pólos salientes

b) Estator entalhado

ARTIGO COMPLEMENTAR: As 7 Partes do Motor Trifásico: Entenda na prática o que é o Motor elétrico trifásico

O estator é constituído principalmente de um conjunto de lâminas de aço silício (são chamados de “pacote”), que têm a capacidade de permitir que passe através delas o fluxo magnético com facilidade; a parte metálica do estator e os enrolamentos fornecem os pólos magnéticos. Os pólos de um motor são sempre pares (podem ser 2, 4, 6, 8, 10, etc,), por isso o mínimo de pólos, que pode ter um motor para funcionar, é dois (um norte e um sul).

Rotor

Constitui a parte móvel do motor. O rotor é o elemento de transferência mecânica, já que dele depende a conversão de energia elétrica em mecânica. Os rotores são um conjunto de lâminas de aço ao silício, que formam um pacote, e podem ser basicamente de três tipos:

a) Rotor entalhado

b) Rotor de pólos salientes

c) Rotor gaiola de esquilo

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

*

Seja o primeiro a comentar!

Por gentileza, se deseja alterar o arquivo do rodapé,
entre em contato com o suporte.